Keith Prowse Entertainment Travel Brasil
CÂMBIO ATUALIZADO
Dólar (US$)= R$ 5,41    Euro (€) = R$ 6,37    Libra (£) = R$ 7,05   
31
jul
AV. Brigadeiro Faria Lima, 558 - Cj 42
São Paulo - SP 05426-200, Brasil
Central de Atendimento Telefone +55(11)3167-2757
BLOG

Luxemburgo

Vamos para Luxemburgo com a Keith Prowse?

O Grão-Ducado de Luxemburgo, para muitos brasileiros, é apenas o sobrenome de um famoso técnico de futebol. Se poucas pessoas se lembram que existe um país minúsculo com o mesmo nome na Europa, menos gente ainda sabe o que tem por lá. Mas, Luxemburgo, terra de duques e duquesas, parece ter saído de um conto de fadas.

A região onde localiza-se o país, entre a Alemanha, Bélgica e França, foi historicamente habitada por tribos francas e posteriormente foi incorporada ao Sacro Império Romano-Germânico de Carlos Magno. No ano de 963 o conde de Ardennes fundou o país, que décadas mais tarde ganharia independência como um grão-ducado. Entre idas e vindas de dominantes, o país estabeleceu em 1948 uma união alfandegária com Bélgica e Holanda, o conhecido Benelux. Hoje Luxemburgo é o membro da União Europeia e um centro financeiro importante, onde já pairaram suspeitas de lavagem de dinheiro.

Na capital fica o Grande Palácio Ducal, um belo palácio instalado ao lado da Place Guillaume, a principal praça da cidade, com seu mercado a céu aberto e o prédio da Prefeitura. A Igreja de Notre Dame pode não ser tão famosa quanto a homônima francesa, mas mantém o charme de um prédio que foi construído no século 17. A rota Wenzel, um passeio por quarteirões antigos da capital, promete uma viagem de mil anos em apenas cem minutos. Quem gosta de caminhadas também vai adorar o Chemin de La Corniche, passeio que leva o visitante a uma vista deslumbrante da cidade. A parte mais antiga da fortaleza da cidade são as Casemates, túneis e corredores de pedras que serviram de refúgio em conflitos ao longo da história. No interior do país, único do mundo cujo idioma oficial é o luxemburguês, língua falada por pouco mais de 300 mil pessoas, as paisagens mesclam florestas fechadas, rios e castelos.

Luxemburgo também é conhecido pelos restaurantes requintados que frequentam a lista dos mais estrelados do mundo. Apesar das influências virem dos vizinhos belgas, alemães e franceses, ela conseguiu tirar o melhor de cada uma, imprimindo uma personalidade própria.

Curiosidade: apesar de francês e alemão serem dois idiomas amplamente utilizados no país (e serem obrigatórios no sistema de ensino do país), o português é a principal língua de minorias do país, devido aos imigrantes que vieram de Portugal, principalmente na década de 1970.

Vamos visitar? Consulte a www.keithprowse.com.br
 



Luxemburgo

 Vamos para LUXEMBURGO?

O Grão-Ducado de Luxemburgo, para muitos brasileiros, é apenas o sobrenome de um famoso técnico de futebol. Se poucas pessoas se lembram que existe um país minúsculo com o mesmo nome na Europa, menos gente ainda sabe o que tem por lá. Mas, Luxemburgo, terra de duques e duquesas, parece ter saído de um conto de fadas.

A região onde localiza-se o país, entre a Alemanha, Bélgica e França, foi historicamente habitada por tribos francas e posteriormente foi incorporada ao Sacro Império Romano-Germânico de Carlos Magno. Entre idas e vindas de dominantes, o país estabeleceu em 1948 uma união alfandegária com Bélgica e Holanda, o conhecido Benelux. Hoje Luxemburgo é o membro da União Europeia e um centro financeiro importante, onde já pairaram suspeitas de lavagem de dinheiro.

Na capital fica o Grande Palácio Ducal, um belo palácio instalado ao lado da Place Guillaume, a principal praça da cidade, com seu mercado a céu aberto e o prédio da Prefeitura. A Igreja de Notre Dame pode não ser tão famosa quanto a homônima francesa, mas mantém o charme de um prédio que foi construído no século 17. A rota Wenzel, um passeio por quarteirões antigos da capital, promete uma viagem de mil anos em apenas cem minutos. Quem gosta de caminhadas também vai adorar o Chemin de La Corniche, passeio que leva o visitante a uma vista deslumbrante da cidade. A parte mais antiga da fortaleza da cidade são as Casemates, túneis e corredores de pedras que serviram de refúgio em conflitos ao longo da história. No interior do país, único do mundo cujo idioma oficial é o luxemburguês, língua falada por pouco mais de 300 mil pessoas, as paisagens mesclam florestas fechadas, rios e castelos. Você pode fazer todos esses tours com a www.keithprowse.com.br, montamos um roteiro personalizado de acordo com seus gostos pessoais.
Luxemburgo também é conhecido pelos restaurantes requintados que frequentam a lista dos mais estrelados do mundo. Apesar das influências virem dos vizinhos belgas, alemães e franceses, ela conseguiu tirar o melhor de cada uma, imprimindo uma personalidade própria.

Curiosidade: apesar de francês e alemão serem dois idiomas amplamente utilizados no país (e serem obrigatórios no sistema de ensino do país), o português é a principal língua de minorias do país, devido aos imigrantes que vieram de Portugal, principalmente na década de 1970. O que está esperando para visitar? Fale conosco.
Para outros roteiros e atrações na Europa, consulte a www.keithprowse.com.br

Fonte: http://viajeaqui.abril.com.br/paises/luxemburgo





Receba Nossos Informativos
PACOTES
Pacotes
Receba Nossos Informativos
OS MAIS PROCURADOS
Cirque du Soleil 2020
Cirque du Soleil 2020
Londres West End 2020
Londres West End 2020
Roland Garros
Roland Garros